Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

nivelar-por-cima

As pessoas são melhores se descobrirmos o que nelas há de melhor. A sociedade torne-se melhor se as pessoas forem niveladas por cima.

nivelar-por-cima

As pessoas são melhores se descobrirmos o que nelas há de melhor. A sociedade torne-se melhor se as pessoas forem niveladas por cima.

Cravos vermelhos

IMG_20160424_185051.jpg

 

Santo António de Lisboa, nascido e baptizado em Alfama, irradiou para todo o mundo a Palavra de Deus e o nome de Portugal. Em vida, notabilizou-se pelo dom da palavra, pelo exercício da caridade, pelo entendimento das Escrituras.

Em Lisboa, é celebrado como santo casamenteiro, como auxílio para encontrar qualquer coisa perdida, com o pão de Santo António, com manjericos, com cravos vermelhos, e também de outras cores, naturais e em papel e são erigidos belos tronos.

Em 1974, uma florista da Baixa de Lisboa, celebrou a Paz, tampando a boca de espingardas com cravos vermelhos. Rapidamente os comunistas adoptaram o cravo vermelho como símbolo da sua ideologia e os anti-revolucionários excomungaram a mesma flor, esquecendo, além do mais, Santo António e cedendo o símbolo àqueles.

Alguma noiva terá desistido de usar rosas cor-de-rosa no casamento para não se parecer com o Partido Socialista? Não creio. E se algumas existiram, não fizeram regra. Não entendo qual é a razão por que continuamos a deixar assim manipular a flor que durante tantos anos foi de Santo António. Querem uns usarem-na para celebrar a data do 25 de Abril. Querem outros usarem-na como bandeira comunista ou de esquerda. Que o façam. Mas que parem de olhar os devotos de Santo António como se usando a flor se estivessem a alistar em alguma coisa em que não se alistaram. E os devotos de Santo António que percam toda e qualquer inibição de usar a flor do padroeiro de Lisboa.