Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

As facturas que nos dão

Pensei que havia algum tipo de ilegalidade quando os preços e a facturação não são explícitos e compreensíveis para o consumidor.

Parece que eu estava enganado.

O Pingo Doce tem quase sempre produtos em promoção. Uns produtos têm o desconto feito directamente no preço facturado. Outros produtos têm o preço facturado sem desconto e no final da factura fazem um ajustamento. Para quem for capaz de entender as contas que eles fazem. Como é sabido, os estudantes portugueses têm excelentes notas a matemática e não devem sentir nenhuma dificuldade em descobrir aquilo que os responsáveis pela facturação do Pingo Doce não querem revelar.

Tão grave ou pior ainda é o facto de os empregados de serviço nas lojas Pingo Doce ignorarem completamente como é feita a facturação e muitas vezes qual é o preço. 

- Depois, veja na caixa, que nós aqui não sabemos, respondem-me muitas vezes.

Claro que quando vou sempre conferir a factura - depois de pagar! - porque são muitas, mesmo muitas as vezes que descubro erros na facturação.

Mas são poucas as pessoas que reclamam. Pensam que uma empresa do tamanho do Pingo Doce deve ser honesta e confiam, Mesmo quando as facturas têm erros grosseiros.

Um fenómeno interessante que sucede no Pingo Doce, mas também no Continente (e sei lá mais onde!) são as promoções de fim-de-semana.

Suponhamos uma «leve 3 pague 2». Quantas vezes, no final de Domingo, nestes dois supermercados estão a factura 3 unidades, se eu levo 3 unidades, embora os cartazes anunciem que só devia pagar 2! Quantos consumidores, maus consunidores, desleixados, ignorantes, estiveram toda a sexta-feira, sábado e Domingo a pagar 3 por cada 3 que levam, pensando que só pagam 2?

Se formos ao IKEA, a estratégia é outra. A factuta é impressa a laser ou similar. Significa isto que, mesmo que a garantia seja de 2 anos, antes desse tempo é muito provável que a tinta tenha sumido. E com ela, a garantia. Mais engraçado nesta loja é o nome dos produtos facturados. Compra-se uma cama, um tapete, uma moldura e é facturado qualquer coisa do género: REP678S1. Claro, que para um cliente assíduo a estas lojas é facílimo, passado um ano ou 23 meses, identificar a que se refere a factura. No caso de a ter fotocopiado enquanto ainda a tinta estava legível.

Termino deixando um problema para os mais audazes: é capaz de entender a sua factura da água ou da electricidade?
Vale a pena existirem associações de defesa do consumidor. Claro que vale. Crian-se imensos postos de trabalho com as quotas pagas pelos sócios. 

 

Orlando de Carvalho

publicado por nivelar-por-cima às 16:46

link do post | comentar | favorito
 O que é? |

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
29
30
31

.posts recentes

. TVI 24 censura Ricardo Ar...

. Rio Ave

. Dia de Anos

. Filarmónica Fraude

. Pressa de chegar ao céu

. Avós caducos

. Pais da geringonça luso-v...

. República de Vigaristas (...

. Em cadeira de rodas, mas ...

. Contra os pais. Contra a ...

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Fogo em Alcafache

blogs SAPO

.subscrever feeds