Domingo, 24 de Abril de 2016

Cravos vermelhos

IMG_20160424_185051.jpg

 

Santo António de Lisboa, nascido e baptizado em Alfama, irradiou para todo o mundo a Palavra de Deus e o nome de Portugal. Em vida, notabilizou-se pelo dom da palavra, pelo exercício da caridade, pelo entendimento das Escrituras.

Em Lisboa, é celebrado como santo casamenteiro, como auxílio para encontrar qualquer coisa perdida, com o pão de Santo António, com manjericos, com cravos vermelhos, e também de outras cores, naturais e em papel e são erigidos belos tronos.

Em 1974, uma florista da Baixa de Lisboa, celebrou a Paz, tampando a boca de espingardas com cravos vermelhos. Rapidamente os comunistas adoptaram o cravo vermelho como símbolo da sua ideologia e os anti-revolucionários excomungaram a mesma flor, esquecendo, além do mais, Santo António e cedendo o símbolo àqueles.

Alguma noiva terá desistido de usar rosas cor-de-rosa no casamento para não se parecer com o Partido Socialista? Não creio. E se algumas existiram, não fizeram regra. Não entendo qual é a razão por que continuamos a deixar assim manipular a flor que durante tantos anos foi de Santo António. Querem uns usarem-na para celebrar a data do 25 de Abril. Querem outros usarem-na como bandeira comunista ou de esquerda. Que o façam. Mas que parem de olhar os devotos de Santo António como se usando a flor se estivessem a alistar em alguma coisa em que não se alistaram. E os devotos de Santo António que percam toda e qualquer inibição de usar a flor do padroeiro de Lisboa.

publicado por nivelar-por-cima às 19:03

link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Sábado, 23 de Abril de 2016

Abandalhar a nossa língua

letreiro português inglês.jpg

Existe uma conjectura que dirige no sentido do abandalhamento da língua portuguesa até à sua extinção, se possível e de modo a que todos aceitem o facto como natural e - imagine-se! - até benéfico.

No final, ficará apenas o inglês, não pela pureza dessa língua, nem nenhuma outra qualidade, mas porque isso fará alguns ganharem mais dinheiro.

Infelizmente o pontapé de saída foi dado pelos próprios franceses, que são os mais afectados por terem anteriormente sido a língua mais importantes. Andamos nas ruas de Paris, entramos nos cafés, nos restaurantes, falamos com as pessoas, em especial as mais novas, e apenas ouvimos um calão cheio de anglicismos e palavras gaulesas deturpadas de tanto terem sido encurtadas. Uma coisa quase ininteligível!

Isto acontece imposto pelo próprio governo em muitas exigências que faz no uso da língua estrangeira: as crianças, a manter-se o ritmo actual do avanço do inglês no ensino básico, dentro de pouco tempo, poderão aprender melhor e mais cedo essa língua que a materna. Em Portugal poderá acontecer o mesmo que em muitas ex-colónias inglesas, muito grandes, muito povoadas, mas que subalternizam a língua e a cultura para adoptar o inglês. E cada o um de nós participa desta cruzada no seu quotidiano e sem se dar conta.

Na foto inocente que inserimos percebe-se que em inglês escreveram 'and' e em português desenharam um traço. Isto nada adiantaria ao exposto, não fosse repetir-se vezes e vezes.

publicado por nivelar-por-cima às 17:57

link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 22 de Abril de 2016

Isto não pode acontecer

IMG_20160419_101347.jpg

Estava presente. O carro não tinha nenhuma identificação de deficiente. Nem o condutor que saiu e entrou para o Centro de Saúde de Loures. Este carro está indevidamente a ocupar o lugar destinado a deficientes à porta do Centro de Saúde.

Não são exibidas melhores provas para não identificar as pessoas em causa. Não haveria benefício para ninguém se o autor fosse interpelado pelas autoridades. Mas convém que nem ele nem outros continuem neste desrespeito criminoso. Fica o alerta: Não faça isto. Respeite os outros. Amanhã pode ser você o deficiente.

 

publicado por nivelar-por-cima às 21:05

link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 13 de Abril de 2016

Regabofe com as crianças

DSC_0106.JPG

Ouvi uma notícia na rádio sobre o insucesso escolar das crianças do 2º ano de escolaridade (a antiga 2ª classe). Cerca de 10 a 11 mil crianças do 2º ano chubam anualmente, afirma a ex-ministra Maria de Lurdes Rodrigues (PS). Nesta ligação, pode ler-se que chumbam mil crianças e ouvir-se a ex-ministra falar em 10 a 11 mil!!! Depois de conversar com algumas pessoas, preparaei-me para escrever um artigo sobre o assunto e fui documentar-me.

Parece que os dados resultam de um estudo. Não percebi porque não se limitaram a recolher dados que de certeza existem no Ministério e foi necessário fazer um estudo para chegar a esta conclusão. O estudo foi feito pela Associação de Empresários pela Inclusão Social. Não sei quem são e fui investigar. Não percebi o que tinham a ver com esta questão, mas percebi que são todos conhecidas figuras do PS.

Os números apresentados não me merecem qualquer crédito. Os objectivos... já percebi que são político-partidários. As crianças... já houve a ministra Maria de Lurdes Rodrigues, o ministro Justino (PS!) que também é do grupo deste estudo...

A Emissora de Rádio Pública (Antena 1) traz isto para os noticiários como se fosse algo de importante. Eu até pensava que as crianças já não chumbavam no 2º ano.

Continua o país de sempre: aldrabar, fazer tudo em cima do joelho, tudo direccionado para a vantagem partidária que os frutos se hão-de recolher dentro do partido.

Uma tristeza neste país. Governam uns, governam outros, quem se lixa é o mexilhão. Quer dizer, quem se lixa são as crianças.

 

publicado por nivelar-por-cima às 19:42

link do post | comentar | favorito
 O que é? |

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
29
30
31

.posts recentes

. TVI 24 censura Ricardo Ar...

. Rio Ave

. Dia de Anos

. Filarmónica Fraude

. Pressa de chegar ao céu

. Avós caducos

. Pais da geringonça luso-v...

. República de Vigaristas (...

. Em cadeira de rodas, mas ...

. Contra os pais. Contra a ...

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Fogo em Alcafache

blogs SAPO

.subscrever feeds